Teologia retornará aulas no dia 25

teo2017

A Escola Teológica da Assembleia de Deus de Içara (ETADI), retonarná as aulas no dia 25 de fevereiro, segunda.

Atualmente existe uma turma com cerca de 30 alunos no templo sede, e ainda há possibilidade de novas inscrições para este grupo. As aulas são lecionadas as segundas, das 19h30min as 22h00min.

A duração é de 2 anos, sendo 24 módulos para o curso básico, com mais 16 módulos/meses é possível concluir o curso médio. O investimento é de R$ 70,00 por módulo, utilizado no período de 1 (um) mês. O material utilizado é da Faculdade Refidim.

O sistema de aulas é rotativo, não havendo necessidade de iniciar as aulas no módulo 01. Os módulos não lecionados serão repostos na continuidade das aulas.

Para ingressar no curso entre em contato com o secretário do departamento, Marcos pelo (48) 99123.9834(Whatsapp).

NOVIDADE

A novidade é uma nova turma com aulas aos sábados. O núcleo funcionará das 14h00min as 16h00min, no templo sede e terá início no dia 06 de abril.

Culto missionário foi celebrado no templo sede

missaoculto

O templo sede da Assembleia de Deus em Içara estava repleto de pessoas para uma noite missionária. O encontro ocorreu no domingo, dia 10. Veja as fotos.

Na oportunidade pastor Edson Cardoso, coordenador do Ceifeiros da Hora Final comentou sobre a obra de missões e incentivou os irmãos a contribuirem com o departamento.

Heliel Teodoro e sua esposa Carine fizeram um breve relato da viagem missionária ao projeto Paraguai. Ele estacou que sua visão de missões foi alterada. Pode constatar a dificuldade do país e o esforço dos missionários na tarefa da evangelização.

Pastor Hebrom Mussini, presidente da igreja, ministrou a palavra de Deus.

No encerramento da celebração foi orado por todas as pessoas que foram diante do altar. Momento marcado por clamores, lágrimas e abraços.

LIÇÃO 06 – Quem domina a sua mente| 10/02/2019

ebdmente

INTRODUÇÃO

Quem nasceu de novo é nova criatura, e assim a vida cristã é norteada pelo Espírito Santo. Isso significa que nós, como cristãos, não andamos segundo a carne, mas segundo o Espírito. A presente lição é uma reflexão introspectiva sobre a nossa maneira de viver, as nossas atitudes e as nossas decisões, e se realmente Jesus é o Senhor de nosso pensamento.

I. SOBRE A EPÍSTOLA AOS FILIPENSES

Filipos era uma colônia romana e uma das principais cidades da Macedônia. Paulo esteve na cidade por ocasião de sua segunda viagem missionária e ali fundou a primeira igreja europeia. Isso aconteceu na casa de uma empresária chamada Lídia, vendedora de púrpura. O apóstolo deixou a cidade por causa das pressões locais, mas o relacionamento entre ele e os filipenses continuou. Cerca de dez anos depois, Paulo escreveu de Roma a esses irmãos, por volta do ano 62 ou 63 d.C.

1. A doutrina. O objetivo da carta não era solucionar problemas doutrinários nem de relacionamentos entre os filipenses, pois eles haviam amadurecido rapidamente. Um dos propósitos estava vinculado à amizade e ao amor recíproco do apóstolo (Fp 1.7-9; 4.1). Os problemas referentes às heresias eram periféricos. O apóstolo trata desse assunto mais como precaução. Paulo menciona os legalistas no capítulo 3, mas não era algo agudo na Igreja, visto que em Filipos nem sequer havia sinagoga (At 16.13). Isso mostra que a população judaica não era significativa na cidade. Note que seus habitantes consideravam-se romanos (At 16.21). Não havia nada de muito grave na igreja que o apóstolo precisasse corrigir.

2. O relacionamento. Havia entre os filipenses alguns problemas que são próprios da natureza humana e comuns nas igrejas ainda hoje (Fp 1.27; 2.3,14). É possível que o pedido do apóstolo para ajudar as irmãs Evódia e Síntique indique algum problema de desentendimento entre elas (Fp 4.2). O apóstolo pede que haja unidade e harmonia entre os crentes, tendo por base a humildade e o exemplo de Cristo. O apelo paulino é para que haja entre os filipenses “o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus” (Fp 2.5).

3. O ensino. Filipenses é uma epístola prática, e os pensamentos teológicos aparecem casualmente, como no parágrafo teológico por excelência, no capítulo 2.5-11, e no lar celestial prometido aos cristãos, no final do capítulo 3. O sentimento de gozo e regozijo dominava os crentes de Filipos, e este é um dos temas da carta: a alegria. A Igreja de Filipos é um exemplo a ser seguido por todos; isso porque havia nela o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus.

II. SOBRE A “MENTE” NO CONTEXTO BÍBLICO

Há diversos termos nas línguas originais da Bíblia para “mente” e seus derivados. Vamos estudar alguns deles aqui. Cada termo apresenta diferenças sutis, mas significativas.

1. A mente como faculdade psicológica. O Novo Testamento grego emprega o termo nous, de amplo significado, como “mente, entendimento, intelecto, pensamento, sentido” (Rm 11.34; 1Co 2.16; 14.14; 2Co 11.3). Na presente lição, o sentido dessas palavras é de uma faculdade psicológica que envolve compreensão, raciocínio, pensamento e decisão: “De maneira que eu, de mim mesmo, com a mente, sou escravo da lei de Deus, mas, segundo a carne, sou escravo da lei do pecado” (Rm 7.25 — Nova Almeida Atualizada). O apóstolo Paulo está se referindo ao “eu” regenerado em contraste com a carne, sem o controle do Espírito Santo. É com essa mente cristã que desejamos a lei de Deus, ou seja, “a lei do Espírito de vida, em Cristo Jesus” (Rm 8.2).

2. A mente como forma de pensar. A mente aparece também no Novo Testamento como uma maneira ou forma especial de pensar. A ideia nesse caso é de disposição e de atitude, tanto no sentido negativo: “estando cheio de orgulho, sem motivo algum, na sua mente carnal” (Cl 2.18 — Nova Almeida Atualizada); como positivo; “armai-vos também vós com este pensamento” (1Pe 4.1). Assim, ter “a mente de Cristo” (1Co 2.16) significa pensar como Ele.

3. Espírito. O substantivo grego pneuma, traduzido geralmente por “espírito”, é usado ainda de forma metafórica como modo de ser, atitude, forma de pensar: “se algum homem chegar a ser surpreendido nalguma ofensa, vós, que sois espirituais, encaminhai o tal com espírito de mansidão” (Gl 6.1). É uma atitude ou modo de ser que reflete a forma como uma pessoa encara ou pensa sobre um assunto. Essa expressão é usada em contraste entre o divino e o meramente humano (Mc 2.8; At 17.16; 1Co 2.11; 5.5; Cl 2.5).

4. Coração. O coração aparece em toda a Bíblia como o centro da vida física, espiritual e mental; emotiva e volitiva. É a fonte de vários sentimentos e afeições, como alegria e tristeza (Pv 25.20; Is 65.14). O coração é a sede do pensamento e da compreensão (Dt 29.4; Pv 14.10). Seu uso metafórico aparece como a fonte causativa da vida psicológica de uma pessoa em seus vários aspectos, mas a ênfase especial nos pensamentos significa o “homem interior” (Mt 22.37; 2Co 9.7; Rm 2.5). Esse sentido aparece também no Antigo Testamento: “guarda o teu coração, porque dele procedem as saídas da vida” (Pv 4.23).

III. SOBRE A MENTE DE CRISTO 

O sentimento que norteava a vida dos irmãos filipenses era de alegria e de comunhão. É isso que deve prevalecer na vida cristã em todos os lugares e em todas as épocas.

1. O sentimento de alegria. “Regozijai-vos” é uma saudação grega, mas aqui Paulo exorta os filipenses e todos os cristãos à alegria. O apóstolo acrescenta: “sempre, no Senhor”. O Senhor Jesus é a fonte inesgotável de gozo e alegria, e isso dá à saudação um sentido complemente novo. Como resultado desse estado de graça está o bom relacionamento do cristão com as demais pessoas. O termo “equidade” (v.5) é a tradução do adjetivo grego epieikés, “compreensivo, bondoso, benigno”. A Almeida Revista e Atualizada traduz por “moderação”. Essa deve ser a atitude de quem tem a mente de Cristo em relação às pessoas que nos rodeiam. É o que Deus espera de todos nós. A expressão “perto está o Senhor” (v.5) diz respeito à vinda de Jesus que se aproxima (Ap 1.3; 22.10) e nos inspira a essa moderação.

2. Nossa gratidão a Deus. Os filipenses viviam num clima de perseguição religiosa. Paulo estava na prisão. Mas nada disso era problema suficiente para roubar a alegria dos crentes: “a alegria do SENHOR é a vossa força” (Ne 8.10). Mesmo nas dificuldades, quem tem uma mente guiada por Cristo não se desespera; antes, as suas petições são levadas à presença de Deus “pela oração e súplicas, com ação de graças” (v.6).

3. A paz de Deus. O termo noema, “pensamento, mente”, diz respeito à faculdade geral de julgamento para tomar decisões, no sentido de bem ou mal, certo ou errado. A ideia dessa palavra é de entendimento da vontade divina concernente à salvação (2Co 10.5). Esse noema pode se corromper (2Co 11.3) e se tornar endurecido (2Co 3.14), a ponto de impedir a iluminação do evangelho de Cristo (2Co 4.4). Mas a paz de Deus na vida cristã está acima de todos os bens que uma pessoa pode adquirir e sobrepuja a todo entendimento, pois vai além da razão humana. Ela excede “os vossos corações e os vossos sentimentos em Cristo Jesus” (v.7).

CONCLUSÃO

O nosso comportamento na vida diária, no lar, na Igreja, no trabalho e na sociedade reflete o que há em nosso coração, e isso mostra por si só quem domina a nossa mente. Há pontos na fé cristã que são inegociáveis, e quem é dominado pelo Espírito não abre mão de sua fé nem cede um milímetro sequer de sua fidelidade a Deus. É esse espírito que domina a mente dos crentes fiéis em Cristo Jesus.

Fonte: www.estudantesdabiblia.com.br

Teologia está com matrículas abertas

teo

A Escola Teológica da Assembleia de Deus de Içara (Etadi) está com matrículas abertas para o curso básico e médio em teologia.

Atualmente existe uma turma com cerca de 30 alunos no templo sede, e ainda há possibilidade de novas inscrições para este grupo. As aulas são lecionadas as segundas, das 19h30min as 22h00min.

A duração é de 2 anos, sendo 24 módulos para o curso básico, com mais 16 módulos/meses é possível concluir o curso médio. O investimento é de R$ 70,00 por módulo, utilizado no período de 1 (um) mês.

O sistema de aulas é rotativo, não havendo necessidade de iniciar as aulas no módulo 01. Os módulos não lecionados serão repostos na continuidade das aulas.

Para ingressar no curso entre em contato com o secretário do departamento, Marcos pelo (48) 99123.9834(Whatsapp).

AD Içara têm novos líderes de departamento

sede14

Os departamentos da Assembleia de Deus de Içara tem novos líderes desde segunda (04). A 127ª Assembleia Geral Extraordinária da igreja despediu e empossou as novas lideranças e diretorias.

Entre os grupos que tiveram troca de coordenadores estão: Círculo de Oração Feminino, jovens, teologia e discipulado.

As mulheres AD Içara agora são lideradas pela pastora Cleone Kátia, esposa do presidente pastor Hebrom Mussini. Os jovens tem a liderança do diácono Davi Floriano, que assumiu o departamento no lugar do evangelista José Roberto. A teologia passa ser comandada pelo pastor Mário Sergio, que preenche a vaga deixada pelo evangelista Silvio Faria, que mudou-se para Itapema. O discipulado passa ser liderado pelo presbítero Tiago Domingues, que ocupa a posição que era do presbítero Cristiano Medeiros.

Além dos novos líderes, foram criados novos departamentos e funções. O ensino que atualmente compreende o discipulado e teologia será coordenado pelo presbítero Cristiano Medeiros. Os casais ganharam coordenadores a nível de campo, presbítero Márcio e Jane Carvalho assumiram o posto. Foi criado o departamento Terceira Idade, que tem como coordenadores presbítero Raimundo e Alvania Loch. A igreja agora passa a contar com o departamento de patrimônio, como responsável o presbítero Jaison de Melo.

Assembleia Geral Extraordinária com muitas mudanças

agediretoria

A Assembleia de Deus de Içara realizou por convocação do presidente pastor Hebrom Mussini a 127ª Assembleia Geral Extraordinária na noite de segunda (04). Veja as fotos.

O templo sede estava lotado para a despedida e posse das diretorias de departamento da igreja. Pastor Arcelino Victor de Melo ministrou a palavra de Deus. “A igreja jamais deve perder seu brilho. Deve refletir Cristo, pois está alicerçada no Senhor. Seu nascimento foi no Calvário, um projeto divino”.

Na sequência pastor Hebrom fez leitura das nominatas das diretorias e após foi realizada uma oração por todos os integrantes dos departamentos da igreja.

Na oportunidade também foi anunciada e aprovada a jubilação do pastor Venicio e Raquel Trombin. Atualmente estão dirigindo a AD Rio dos Anjos. O culto de jubilação ocorrerá no dia 17 de fevereiro. Evangelista Edson Colonette irá assumir a igreja.

Na AD Manchester no lugar do evangelista Colonette assumirá evangelista Joel Miguel. Também terá mudança na AD Segunda Linha. Pastor Adelar Pires se despede para a posse do evangelista André Mussini.

O presidente também criou novos departamentos a nível de campo na Assembleia. Entre eles: Terceira Idade, Casais e Patrimônio.

Outra mudança foi a alteração do nome do departamento de adolescentes da igreja. Que deixa de ser Adolescentes AD Içara, para União de Adolescentes AD Içara.

Abaixo segue as novas diretorias para o ano de 2019/2020.

ÓRGÃO MISSIONÁRIO CEIFEIROS DA HORA FINAL
Presidente: Pr. Hebrom Evandro Mussini
Coordenador: Pr. Edson Cardoso
2º Coordenador: Pr. Jeferson Ricardo de Bem
1 º Secretário: Pr Carlos Henrique dos Santos
2º Secretário: Pb. Rodeval Martins Henrique
1º Tesoureiro: Ev. Valdenir Berto
2º Tesoureiro: Dc. Jairton Cardoso
Eventos: Aux. Leonardo Vasconcelos
Mídias: Luiz Felipe

COFADI – CÍRCULO DE ORAÇÃO FEMININO DA ASSEMBLEIA DE DEUS DE IÇARA
1ª Coordenadora: Cleone Katia Mussini
2ª Coordenadora: Eloisa Floriano
Tesoureira: Fernanda Floriano Pedroso
1ª Secretária: Elaine Venson Ferreira
2ª Secretária: Rosinha de Oliveira
Regente: Cleusa Rodrigues Berto
Promotora de Eventos: Alexandra Santos da Silva

COMADI – CÍRCULO DE ORAÇÃO MASCULINO DA ASSEMBLEIA DE DEUS DE IÇARA
1º Coordenador: Pb. Sebastião Souza
2º Coordenador: Pb. Robson de Oliveira Mendes
1º Tesoureiro: Leosmar Rufino
2º Tesoureiro: Pb. Timóteo Grubert
Secretário: Josias Brum

JUADI – JUVENTUDE UNIDA AD IÇARA
1º Coordenador: Dc. Davi Floriano
2º Coordenador: Ev. André Mussini
3º Coordenador: Dc. Osmar
Tesoureiro: Pb. Marcelo
Secretário: Aux. Eliabe Martins
Conselheiro: Pr. Mário Sergio
Conselheiro: Pr. Anderson Martins
Conselheiro: Ev. José Reginaldo

UAADI – UNIÃO DE  ADOLESCENTES AD IÇARA
1º Coordenador: Dc. Jardel Almeida
2º Coordenador: Ax. Josué Diehl
1º Tesoureiro: Rodrigo Araújo Barros
2º Tesoureiro: Gustavo Beckhauser
1º Secretário: Nathã de Souza Roldão
2º Secretário: Lucas Cardoso Almeida
Regente: Marcel Vieira de Souza
Relações Públicas: Deivid Felipe Marques

GRUPO ADAD – ADOLESCENTES QUE AMAM A DEUS
Coordenador: Dc. Filippe Fernandes
2º Coordenador: Aux Jhonatas Willian
1º Tesoureiro: Pb. Pedro Agostinho
1º Secretário: Aux. Diego Moraes
Instrutor Geral: Aux. Sandro Dozol
Mídias: Luiz Felipe

CADI – CRIANÇAS AD IÇARA
1º Coordenadores: Marcos e Suzana Gomes
2º Coordenadora: Jadiane Pagnan Keller
Tesoureira: Rosinete Feliciano Inácio
2º Tesoureira: Caroliny Floriano Pedroso
Secretária: Dulce Getner
Evangelismo: Leosmar Rufino e Andréia Piucco
Mídias: Ingrid Barbosa de Melo
Decoração: Michele Rodrigues

COORDENADOR DE ENSINO / COMUNICAÇÃO AD IÇARA
Coordenador: Pb. Cristiano Medeiros

ETADI – ESCOLA TEOLÓGICA AD IÇARA
Diretor: Pr. Mário Sérgio
Secretário: Antonio Marcos Fernandes

DISCIPULADO
Coordenador: Pb. Tiago Domingues
2º Coordenador: Dc. Jorge Custodio

DECADI
Coordenadores: Pb. Márcio e Jane Carvalho

TERCEIRA IDADE
Coordenadores: Pb. Raimundo e Alvania Loch

PATRIMÔNIO
Responsável: Pb. Jaison de Melo

JURÍDICO
Responsável: Adv e Pr. Rasquim Teixeira

Primeira Ceia do ano foi celebrada no templo sede AD Içara

ceiafev

O templo sede da Assembleia de Deus em Içara estava lotado para a celebração da Ceia, no domingo, dia 03. Veja as fotos.

Na oportunidade marcou presença o pastor jubilado Valmor Mussini, pai do presidente AD Içara, pastor Hebrom. Muitos visitantes também participaram da celebração.

Os louvores foram entoados pela Orquestra Celebração e pelo Ministério de Louvor Restauração.

No culto também foi realizada a despedida do pastor Lucas da Rolt da liderança dos jovens e a posse do presbítero Luiz Fernando. Pastor Lucas tornou-se o 2º dirigente do templo sede.

Pastor Hebrom Mussini ministrou a palavra de Deus. “Deus quer te usar para levantar alguém. Você deve levar o amor de Cristo as pessoas. Só Jesus tem a paz para esse mundo”.

Após a ministração foi iniciado o cerimonial da Ceia. Após todos serem servidos ambos participaram do ato ao mesmo tempo. Na sequencia foi realizada uma oração em agradecimento a Deus.